Embora o título esteja em inglês não vou postar em inglês, visto que sempre odiaste que usasse expressões inglesas quando a minha língua é o Português.

Não vou dizer metade do que Te queria dizer, até porque estas coisas que vão aqui dentro… são só nossas…

Só queria repetir aquilo que sempre me disseste com a convicção inabalável do Sr. Engenheiro que sempre sabia de tudo: “Nada acontece por acaso. Há coisas que não percebes porque estão demasiado acima de ti. És parte de um padrão… um padrão tão grande que tu tão pequenina não consegues perceber a forma. No entanto, não é acaso Bi… é um padrão lindamente planeado”. Sinceramente não percebo porque tudo isto aconteceu, mas vou acreditar nas tuas palavras com a Fé cega que sempre tive em Ti, sei que estás certo, aliás como sempre estiveste.

Hoje ouvi a nossa música na Rádio e, como era de se esperar, não tive qualquer hipótese contra as lágrimas, derrotaram-me mais uma vez. Dizias-me que eu era a tua Estrelinha…

agora és Tu a minha*