Como bons portugueses que somos porquê dizer em poucas palavras o que se pode dizer por muitas?

Se a pergunta é explique o modelo da marca de David Aaker porque não contar a história do homem e já agora a história do aparecimento das marcas? A resposta fica maior e o professor de certeza que valoriza o facto de eu saber coisas que nem são chamadas para o assunto, mas que mostram a aplicação da teoria (aplicação errada, mas mostram teoria).

Mostrar que sabemos falar de tudo, sem o mínimo de enfoque ou profundidade parece ser o nosso mote. Somos especialistas em “palha” e na sua aplicação nas mais diversas situações.

Isto a propósito de um artigo que li no DN que achei simplesmente GENIAL! Control+Alt+Del ao programa do Governo

Um artigo definitivamente “sem palha” – Aqui “à” ovos… até porque palha é pra cavalos…

Advertisements